em de

Prefeitura de Tabocas do Brejo Velho vai disponibilizar agendamento biométrico para quem não tem acesso à internet

Logo - Gestão Humberto Pereira da Silva. Foto: Rede Social
Logo – Gestão Humberto Pereira da Silva. Foto: Rede Social

A Prefeitura Municipal de Tabocas do Brejo Velho publicou uma nota no seu site oficial, ontem 15, informando que vai disponibilizar agendamento biométrico para os eleitores do município que não têm acesso à internet. Após agendar, será necessário ir até o cartório eleitoral que fica na cidade vizinha Serra Dourada para realizar o cadastramento de biometria.

O interessante nessa iniciativa é o “jogo de interesses pessoais”. Se fosse qualquer outra coisa, a prefeitura não daria a mínima importância, mas como se trata de garantir os votos na eleição de 2020 é provável oferecer até transporte gratuito. Chega a ser impressionante a agilidade das coisas quando o objetivo final é beneficiar a si próprio (o gestor).

Quantos votos estão em jogo?

Tabocas do Brejo Velho é um ovo no meio do deserto. Não tem agências bancárias, não tem caixas eletrônicos… não tem fórum, não tem SAC (Serviço de Atendimento ao Cidadão) do governo estadual, não tem nada. Sempre que alguém precisa de um desses serviços, tem que se deslocar para outra cidade.

O governo municipal nunca se importou com isso, nem a gestão atual e muito menos as anteriores, que fazem parte do mesmo grupo político, que está há quase 20 anos no poder sem trazer nenhum benefício para a cidade, que não seja construção de praças e pavimentação de ruas.

Talvez se em Tabocas tivesse cartório eleitoral, não precisaria disso. Só acho!

*Os comentários não representam a opinião do blogue, a responsabilidade é do autor da mensagem. Antes de comentar, leia os Termos e Condições de Uso.

Deixe sua opinião

Ilustração. Foto: Pixabay

A cultura do ódio e da vergonha na internet

17.06.2018 - Recreação da Liga Desportiva Taboquense em Serra Dourada/BA. Foto: Adamy Gianinni/Seutec Studio

Escolinha da Liga Desportiva Taboquense beneficia crianças e adolescentes